Sobre meus ciclos


Quando lembro de alguma época ou acontecimento na minha vida, eu me guio pela linha temporal dos ciclos. Aquele ciclo em que eu e marido estávamos em crise, aquele em que eu trabalhava com uma loja legal, aquele ciclo que eu estava com o cabelo preto… Tudo assim, dividido e categorizado por momentos que foram embora para dar início a outros.

Hoje é o dia que eu fechei mais um deles, e estou feliz por isso.

Não tenho medo de deixar sonhos para trás e começar sonhos novos. De seguir sem o que já não está tão legal para cair de cabeça no que eu quero agora. Mesmo que seja só agora. Sou ariana, sou intensa, impulsiva, apaixonada. Quando a paixão e a vontade acabam já não me serve mais.

Não me lembro de ter me arrependido de abandonar um ciclo. Por mais friozinho na barriga que me dê antes de pular fora, nunca me arrependo. Tudo sempre melhora. De ciclo em ciclo minha vida vai ficando mais colorida e mais cheia de indecisões. Poético. A minha cara.

E aqui estou, cheia de planos e sonhos. Como sempre, consciente que não é pra sempre. Sabendo que esse ciclo vai se encerrar em algum momento, mas ansiosa para saber o que vai marcá-lo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *