Meu peso não é da sua conta


meu-peso-nao-e-problema-seu

Algo que mexeu muito comigo ontem foi esse post aqui na página Feministas Revolucionárias.

A modelo é linda, as fotos estão lindas. Mas por algum motivo estranho teve um monte de gente louca que se acharam no direito de vomitar ofensas e preconceito. Foi muito além da ignorância que nós gordas estamos acostumadas a enfrentar, ultrapassou inclusive a crueldade. Eu me coloquei no lugar da Melina, de todas as mulheres gordas que ouvem um monte de absurdos todos os dias disfarçados de “preocupação com a saúde”.

Homofóbicos são rechaçados publicamente, racistas também. Mas a gorda ainda é território livre: pode ofender e falar o que quiser, a culpa é dela que não emagrece!

Pode até ser que não queiramos emagrecer, e isso é problema nosso, só nosso. Não queremos que quem não gosta de gorda nos ame, na verdade preferimos até distância desse tipo de gente. Mas por favor, não saiam do seu lugar para vir nos ofender no nosso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *