A casa que eu quero – Liberty 2


Vamos falar dum troço que eu não gosto muito na área que eu estudo: design interiores! De tudo que se pode pensar no projeto de uma casa, essa é a que eu menos gosto.

Eu e o maridão estamos nos organizando para encarar a terceira mudança da nossa vida juntos, o que é algo que sempre demanda muito tempo, dinheiro e energia pra cacete. Mas estamos ansiosos por isso! Das vezes que nos mudamos sempre foi tudo meio “coloca tudo aí dentro e vamo entrando!“. Só quem saiu da casa dos pais muito cedo com a cara e a coragem entende isso. Nunca tivemos tempo e muito menos grana para que tudo ficasse do nosso jeitinho. Ok, tem mil maneiras de se fazer isso com pouco dinheiro, mas tendo que correr atrás de milhões de outras prioridades: impossível!

Eis que finalmente, seis anos depois, estamos com a vida mais organizada e podemos nos dar ao luxo de escolher uma casa legal. Das outras vezes escolhemos a do aluguel mais barato, o que não resultou em lugares do jeito que queríamos. Podemos nos dar ao luxo também de deixar a casa do nosso jeito, pensando em ter cantinhos funcionais e bonitos. E teremos!

Ainda não sabemos qual vai ser a casa, mas sabemos o que precisamos dentro dela. Não dá para fazer um projeto ainda, mas dá para ir se enchendo de inspirações. Minha ideia é que cada canto tenha uma identidade própria, uma casa com vários ambientes totalmente diferentes: saiu da sala com um ar vintage, entrou em uma cozinha toda neon. Sim, um caos de informações e referências, porque eu sou assim!

Mas não quero que seja nada aleatório, então é por isso estou a louca das decorações!

liberty

Dentro muitas coisas que eu estou aqui pensando, é o nosso quarto. Minha intenção é abolir essa coisa de assistir TV na cama! Um lugar aconchegante para dormir, namorar, ler um livro, descansar… e só! Uma das coisas que eu acho mais confortáveis são as estampas liberty. Fala sério gente: não é a cara de casa de vó?! Uma avó utópica e imaginária, porque na casa das minhas avós nunca teve essas coisas não. Mas a gente acaba associando a conforto, por ser padrões mais românticos e com jeito de antigamente. Remete aos vestidos das senhoras do século passado que a gente nem conheceu.

Daí saí atrás de algumas coisas que poderiam compor esse quarto, do jeito que eu quero. Só que mais próximas da minha realidade: baratas e práticas. Como esse abajur que eu vi aqui, super possível de fazer e que aposentaria a lâmpada de led sem graça que uso para ler na cama.

 

a-casa-que-eu-quero-liberty-2

 

 Achei esse cabide fofo e brega ao mesmo tempo. Brega é legal, até porque estampa liberty sem um tonzinho de brega seria perca de tempo. Vou fazer isso com todos, meu guarda roupa vai ficar lindinho! Vou fazer com as sobras de tecido que virão de várias almofadas dessa que preencherão minha cama durante o dia e serão o terror do marido durante a noite.

a-casa-que-eu-quero-liberty-3

Para compor o esteriótipo de aconchegante e cafoninha, mini quadros em bastidores que também serão serão feitos com os mesmos retalhinhos para servirem de base para fotos e frases motivacionais.

a-casa-que-eu-quero-liberty-4

Lógico, que é preciso pensar nas paredes. Aqui tem um tutorial sobre como aplicar tecido, daí as oportunidades tornam-se infinitas: desde patchworks a criação de estampas exclusivas. Também preciso de molduras, fotos em preto e branco e um espelho com moldura bem barroca.

a-casa-que-eu-quero-liberty-5

a-casa-que-eu-quero-liberty-6

Muito informação?! Sim! Muita! Mas nada que um colcha também feita em patchork não dê um toque final. Acho que teremos DIY aqui em breve!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “A casa que eu quero – Liberty

  • Kaka Farias

    Oiii Jade! Nossa, esse lance de mudança dá um trabalho danado né? Já passamos duas vezes por isso, mas depois vale super a pena. O negócio é ir fazendo aos pouquinhos. Uma coisa que indico em tooodos os ambientes, é o abajur. E optar por uma lampada de led amarela, pra dar aquele efeito que tu tá buscando mesmo, mais confortável. E eu tenho um abajur na escrivaninha do quarto que encapei com tecidinho, uma estampa meio liberty mesmo. Ficou bem fofinho, mas é a unica coisa liberty que tem, pois meu marido não é muito das florzinhas hehehe. Mas eu acho lindo! E respondendo teu comentário lá no blog: gente torço muito pra claire e matt! Adoro a personagem dela e adorei que ela aparece tbm na Jessica Jones. Boa sorte e muito amor na casa nova!! :*

  • Fernanda Rodrigues

    Em tempos de decoração nórdica, ver algo diferente foi um suspiro!
    Adorei os quadros de bastidores e essa última foto com espelhos!

    Espero que tudo dê certo na sua mudança e que a casa fique como vocês sempre sonharam.

    Beijos,