Arquivo diário: junho 29, 2015


Exagerada, mas nunca aos seus pés 2

Ilustração de Amanda Roosevelt Eu sou mesmo exagerada. Adoro um drama inventado. E o motivo é simples: só gosto de viver quando é de muito. Como muito, corro muito, falo muito, choro muito, estudo muito, amo muito, me entrego muito, sonho muito. Tudo muito. Não sei ser pouca. Há quem não goste, o que não é problema meu. Eu continuo sendo bastante, transbordando. Sentindo como […]