15 mulheres que me inspiraram em 2015 (parte 3)


15-mulheres-que-me-inspiraram-em-2015-3

Enfim a última parte dessa lista morta de digna. A primeira parte tá aqui, e a segunda bem aqui.

Dizendo aqui um pouquinho do quanto elas foram importantes é o meu jeito de dizer obrigada, mesmo que de longe. Com certeza todas elas continuam fazendo meu 2016 cheio de boas referências. E tenho certeza mais um monte há de vir!

11. Zaha Hadid

15-mulheres-que-me-inspiraram-em-2015-zaha-hadid

Ela foi apenas, apenas, a primeira mulher a ganhar o Pritzker. Uma mulher árabe, e isso não é pouco! Como grande parte das áreas profissionais do mundo, a arquitetura ainda é muito machista. O que é engraçado, porque a maioria das pessoas que estudam arquitetura são mulheres. A Zaha é genial, foge do óbvio, não segue o caminho fácil. As obras delas foram inspirações para o meu projeto no semestre que passou, li muito sobre ela e me apaixonei por tudo o que ela diz. Quero ser pelo menos a metade da arquiteta que ela é. Logo eu posto sobre ela aqui, tenho muito material salvo. Enquanto isso, leia essa entrevista para entender o que eu tô dizendo.

12. Vera Holtz

15-mulheres-que-me-inspiraram-em-2015-vera-holtz

Alguma dúvida de que ela foi a rainha da internet em 2015?! Não!
Vejo mulheres maravilhosas envelhecendo, e todas elas com o medo do que isso significa. Acompanhando o que a Vera fala sobre o assunto, e como ela parece encarar o passar dos anos me dá esperança que outras sigam esse caminho de aceitar a idade e o envelhecer com graça e bom humor. Quero que as mulheres que amo envelheçam como ela, quero envelhecer como ela.
Sem contar que a página dela no facebook é genial!

13. Charlize Theron

15-mulheres-que-me-inspiraram-em-2015-charlize-theron

Gostando ou não do filme Mad Max: Estrada da Fúria, ninguém pode negar a importância da Emperator Furiosa para mulheres e meninas do mundo todo. É uma mulher escravizada, com limitações físicas que sai quebrando tudo em um mundo pós apocalíptico. A atuação é genial, mas a personagem é o tapa na cara que o mundo precisa, deixa um recado muito claro: mulheres podem ser as fodonas, e não precisam ser salvas pelos seus heróis clichês.
Já conhecia a história dela de ativismo, e estou ansiosa pelo Branca de Neve e o Caçador 2, aonde ela vai ser novamente a rainha má. Quem ainda não assistiu o primeiro, recomendo, vale a pena só pelo papel dela!

14. Pitty

15-mulheres-que-me-inspiraram-em-2015-pitty

Amo a Pitty?! Amo! Escuto as músicas dela em repeat eterno?! Escuto!
A gata é inteligente, talentosa, e feminista. Saiu alguma entrevista com a Pitty eu vou lá ouvir, porque ela sempre fala o que eu quero falar e nem sabia que queria. E uma coisa sou eu, reles desconhecida, falando; outra completamente diferente é alguém com a visibilidade e os argumentos que ela tem.
Um dia ainda abraço essa mulher!

15. Maria Clara Araújo

15-mulheres-que-me-inspiraram-em-2015-maria-clara-araujo

Eu acompanho a Maria Clara desde que ela passou na UFPE no começo do ano. Através dela eu conheci a luta das mulheres trans, que era algo muito distante pra mim e sempre vai ser.  Não há muito que eu possa fazer por elas, além de ouvi-las, entende-las e apoia-las do meu cantinho. E tenho feito isso bem que só, inclusive foi através da Maria Clara que conheci outras Mulheres Trans com muita coisa pra dizer também. E isso tem sido lindo demais pra mim.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *